sexta-feira, 11 de março de 2011

Saudades

Estou com saudades da minha melancolia
Que me faz escrever poesia
Eu quero o peso da alma
Que me tortura, me mata
Me escraviza na arte de escrever.

Quero de volta minha tristeza sem medida
Meu tédio sem remédio
A ansiedade que me inquieta e me faz poeta.

4 comentários:

  1. so na escrita somos toda a alegria!!!!!!!
    beijos e aplausos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita.

    Volte sempre!!

    ResponderExcluir
  3. sua forma de escrever, é ótima
    parabéns meu amor.

    ResponderExcluir